Na escuridão do descaso II

Unknown | 10:15:00 | 0 comentários

Assim ficarão os moradores da Quadra-69 do Setor-9 de Águas Lindas


Em nossa 7ª edição publicamos sob o título “Na Escuridão do Descaso”, reportagem mostrando a indignação dos moradores que tiveram a energia elétrica cortada e a fiação apreendida. A indignação era maior ainda por que a ação havia pegado os moradores de surpresa, sem aviso prévio para que pudessem se prevenir para enfrentar a escuridão da noite.


Hoje não foi diferente, fomos avisados que CELG estava novamente na Quadra-69 cortando a energia das casas. Estivemos no local e a indignação dos moradores era a mesma, ainda disseram que estiveram na Prefeitura de Águas Lindas, mas nem se quer foram recebidos, e que hoje ficarão novamente no escuro.
Os moradores acusaram alguns políticos de serem oportunistas e sem palavra, porque nas eleições de 2012 candidatos a prefeito e a vereador estiveram nas portas dos moradores pedindo votos e prometendo regularizar a situação da energia, mas depois de eleitos e empossados, sumiram.





Perguntamos aos funcionários da CELG de quem era a ordem, mas eles disseram que estavam orientados a não dar nenhuma declaração.
Conversamos com o Sgt. Antônio Carlos CPU do 17º BPM e Sgt. Eduardo da VTR-8113, mas eles disseram que estavam no local cumprindo ordem de serviço, e nos orientou a procurar o comandante do Batalhão Cel. Coppolla. Estivemos no Batalhão, mas o Cel Coppolla estava em diligência e fomos atendidos pelo Sgt. Crispim, que nos informou que a Polícia Militar estava no local atendendo ao Ofício 14/2016 enviado pela CELG pedindo apoio para realização da operação, e que a presença da PMGO no local é somente para garantir a ordem pública na proteção das pessoas, tanto dos funcionários da CELG quanto dos moradores caso aconteça algum conflito.
Entramos em contato com a Comunicação Social da Prefeitura de Águas Lindas e fomos informados que: “Por causa de dívida antiga com a CELG, o Município não podia solicitar nenhuma ampliação de rede de energia na cidade. Que a dívida foi quitada e assim viabilizou a elaboração do projeto que já foi protocolado junto à Companhia Energética, e logo a nova rede será implantada.”
Ouça o que disse em gravação a moradora Luzineide Rodrigues:


Fotos: Genildo Macedo | TV CMN

Categoria:

Espalhe por aí

0 comentários