Apresentador do Bom Dia DF, Guilherme Portanova vai ancorar programa de jornalismo na TV Record no mesmo horário




REPORTAGEM DO JORNAL METRÓPOLES

Atualmente apresentando o Bom Dia DF, na Rede Globo, Guilherme Portanova assinou contrato com a TV Record na tarde desta terça-feira (12/11/2019).

Ele será o âncora do DF no Ar, programa de jornalismo que é transmitido no mesmo horário do Bom Dia DF, onde Portanova trabalhava desde 2013.


O programa da Record será reformulado, com novo cenário e quadros.

Além de ser reconhecido pelo profissionalismo, Portanova virou notícia quando foi sequestrado em agosto de 2006, nas proximidades da Rede Globo em São Paulo. Na ocasião, passou 40 horas em poder do PCC.

Posteriormente, o jornalista foi transferido para Brasília. Portanova é de Porto Alegre e tem 43 anos.


O Bom Dia DF passará a ser apresentado pelo jornalista Fred Ferreira.
No início da tarde desta quinta-feira (14) uma mulher identificada como Necivânia Eugênio de Caldas, 37 anos, foi assassinada com cinco facadas pelo seu ex-companheiro em Santa Maria. Segundo informações de testemunhas, Necivânia chegava a sua casa em uma moto acompanhada por seu filho de oito anos de idade, quando foi surpreendida pelo seu ex-companheiro que desferiu cerca de cinco golpes de faca contra a vítima que não resistiu aos ferimentos e veio a óbito no local. 

O irmão da vítima tentou impedir o crime mais também ficou ferido e foi socorrido pelo SAMU para o hospital se Santa Maria. O autor identificado como Francisco não aceitava o fim do relacionamento, os dois conviveram cerca de seis anos juntos e estavam separados há uma semana. Populares tentaram linchar Francisco mais foram impedidos pelos policiais da 33° delegacia. Francisco foi socorrido ao hospital e em seguida será apresentado na 20° delegacia de polícia no Gama para os procedimentos de praxe

  

Por Carlos Leal DRT/DF 8947

Como é claro e sabido, a Guarda Patrimonial não tem poder de polícia, e tão somente para zelar do patrimônio do município. 
Na manhã desta terça-feira 14/11, ao lado da Câmara Municipal de Águas Lindas, o profissional de imprensa   Leandro Soares, conhecido blogueiro da cidade, foi covardemente agredido por dois guardas patrimoniais, inclusive com ‘tapa na cara’, por ter chamado atenção dos mesmos, que transitavam com a viatura na contra mão, colocando em risco o transito de veículos e pedestres.

Pior ainda, que corre comentários que estão querendo transformar esses maus elementos, em Guardas Civis Municipais. Tal murmúrio de efetivação, tem sido criticado por políticos e principalmente pela população, que vê nisso uma manobra para burlar a Lei, como também dar poder de polícia quem não fez concurso para esta finalidade.

Leandro, como profissional de imprensa e conhecedor da Lei, tem criticado essa manobra, que para ele, não passa de favorecimento a vigilantes, que foram efetivados como guardas patrimoniais e agora querem virar Guardas Civis.

 No momento da discussão, o blogueiro foi agredido, e, ao tentar se defender, sofreu ainda mais agressões pelos guardas patrimoniais, momento esse que teve que ser socorrido por populares que estavam no local.

“Muitos cidadãos tem reclamado por terem sido abordados por estes guardas patrimoniais, numa clara situação de usurpação da função pública policial.”

Diante da lamentável ação dos agentes públicos, Leandro foi à 1ª Delegacia de Polícia Civil, comunicar o fato.
“O vereador e presidente da Câmara Municipal de Águas Lindas de Goiás, Rogemberg Barbosa PR, em vídeo publicado em rede social, repudiou a agressão sofrida pelo jornalista e blogueiro Leandro Soares.” (Veja o vídeo)   

“Estamos aguardando informações sobre o registro da ocorrência, para inserir na matéria” 

COMENTÁRIO DO REPÓRTER:
Numa cidade onde temos excelentes policiais militares e civis, nos aparece uma turminha despreparada e mal comandada, querendo ser polícia sem ser. Pior ainda, é que estão tentando transformar esses vigilantes fantasiados de guardas patrimoniais, em Guardas Civis Municipais, o que seria uma clara burla na Lei que regula o ingresso nos serviços públicos. 

Como diz o velho ditado: “Quem nasceu pra periquito, nunca chega a papagaio”
Carlos Leal, sem papas na língua.

A expectativa é de que o próximo ano comece com o comércio em ritmo mais acelerado


Comércio e indústria de bens de consumo se preparam para uma retomada das vendas neste fim de ano. Estoques mais enxutos nas lojas e velocidade maior de produção nas fábricas são o termômetro de que este Natal deverá ser o melhor para o varejo desde 2013. Com isso, o próximo ano poderá começar com a atividade em ritmo mais acelerado.

Juros em queda, inflação baixa, maior oferta de crédito, recuperação do emprego, ainda que lentamente, e a liberação de recursos extras do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) são fatores que dão sustentação para o crescimento da produção e das vendas no último trimestre.

Além disso, o consumo, especialmente de itens de maior valor, que ficou represado por causa da crise, pode deslanchar com a conjuntura favorável. “Nos últimos cinco anos, ficamos só com a venda para reposição dos eletrodomésticos, mas a população cresceu e a demanda reprimida hoje é muito grande”, afirma João Carlos Brega, presidente da Whirlpool para América Latina, que é dona das marcas Brastemp e Consul, de lavadoras, fogões e geladeiras.

Por conta desse cenário, o varejo espera que o faturamento real do Natal aumente neste ano 4,8% em relação a 2018, descontada a inflação. Se a previsão da Confederação Nacional do Comércio (CNC) se confirmar, será o melhor desempenho em seis anos. “Não descarto a possibilidade de revisar para 5% a projeção”, diz o economista-chefe da entidade, Fabio Bentes. Essa foi a taxa de crescimento alcançada em 2013.

Pesquisa feita no mês passado pela CNDL e pelo SPC Brasil mostra que 77% dos brasileiros adultos, quase 120 milhões de pessoas, pretendem ir às compras neste fim de ano. Isso significa que quase R$ 60 bilhões vão girar na economia só por conta da compra de presentes. “O resultado é equivalente ao de 2018, mas com viés positivo”, observa a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti. Ela argumenta que a fatia de indecisos em relação às compras neste ano é mais que o triplo de 2018 e, por causa da conjuntura favorável, há chance de esses consumidores decidirem gastar até o fim do ano. Também a parcela dos que não pretendem comprar neste ano é menos da metade de anos anteriores.

O otimismo dos lojistas tem base real quando se olha para os estoques. No mês passado, 22,5% dos comerciantes tinham produtos encalhados. É o menor resultado para os meses de outubro desde 2013.


As vendas no ano até agosto acumulam alta de 1,2%. Mas o ritmo se acelerou a partir de setembro, quando começaram a ser liberados os recursos do FGTS. “Este mês começou melhor do que o previsto”, conta José Domingos Alves, supervisor da Lojas Cem. Ele revisou a alta da Black Friday de 7% para 20% e projeta 10% para o Natal.
Ela havia sido agredida com um soco no rosto momentos antes do crime. Casal era conhecido por ter diversas brigas em público

Uma mulher foi absolvida do crime de homicídio do ex-namorado que a agrediu. A decisão é desta quinta-feira (7). Geneci Santos de Lima foi julgada depois por matar Paulo Afonso Alves Filho com uma faca no dia 10 de março de 2016, em Águas Lindas de Goiás, no entorno do Distrito Federal.

De acordo com a denúncia do Ministério Público de Goiás (MP-GO), o casal era conhecido por ter diversas brigas em público. No dia do crime, a Paulo teria usado drogas e agredido Geneci com um soco no rosto. Em seguida, foi para um bar da cidade.

Ainda de acordo com a denúncia, dois adolescentes foram ao bar para “acertar as contas” com Paulo, mas ele havia se escondido. Depois que os menores saíram do local ele voltou para a porta do bar e foi atingido por Geneci com facadas na altura do pulmão esquerdo.

No julgamento, o MP-GO apresentou a denúncia de homicídio qualificado, levando em conta que Paulo estava drogado e que foi pego de surpresa. Já a defesa usou o argumento de legítima defesa.

Na sentença, o juiz Gustavo Costa Borges afirmou que os jurados “reconheceram a materialidade do fato delituoso, a autoria delitiva da acusada e, em seguida, a absolveram”. O magistrado também revogou as medidas cautelares instituídas contra a acusada.
O corpo do menino de 11 anos encontrado morto com sinais de espancamento na terça-feira (5/11) em Águas Lindas (GO) será enterrado nesta sexta-feira (8/11), no Cemitério de Taguatinga. O velório está marcado para as 15h, enquanto o sepultamento será realizado às 17h.

"A mãe sempre lutou para tirar o filho dessa vida. A casa dela, apesar de simples, estava sempre limpa não faltava nada", conta o conselheiro tutelar Cleiton Oliveira, de Taguatinga, que acompanhou durante dois meses a vida da família da vítima. 

"Resolvemos a questão do enterro no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e iremos ao velório", diz. Ele explica que o menino foi acolhido depois de ter que se mudar várias vezes por conta de ameaças. Além disso, a mãe estava com medo de mantê-lo em casa. "Ele mudou de Águas Lindas para Ceilândia e de Ceilândia para Taguatinga", comenta. O conselheiro acrescenta que a mãe está muito abatida.

O delegado Cléber Martins, da 17ª Delegacia Regional de Polícia (Águas Lindas) afirma que o caso ainda está sendo apurado pelo Centro Integrado de Operação de Segurança Pública (Ciops). Ninguém foi preso até o momento.
A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia Especializada GENARC, coordenada pelo Delegado Cléber Martins, prendeu GIOVANI BARBOSA RODRIGUES, que estava com mandado de prisão preventiva pendente de cumprimento.
Giovani estava com mandado em aberto pelo crime de tentativa de homicídio, fato ocorrido no ano de 2016. No dia 03 de outubro do referido ano, Giovani e seu comparsa atentaram contra a vida de um homem, que ficou gravemente ferido, mas sobreviveu aos disparos de armas de fogo efetuados pela dupla.
Giovani foi conduzido à Delegacia para os devidos procedimentos e posteriormente encaminhado ao presídio local, onde ficará à disposição da justiça.

O disque denúncia do GENARC está disponível para a população através do WhatsApp (61) 99509-1608.
Denuncie, o sigilo é absoluto.

A vítima foi baleada na cabeça com uma bebê no colo, chegou ser socorrido, mas morreu no hospital. O autor é sobrinho da mulher da vítima.

A polícia procura um indivíduo suspeito de atirar e matar o marido da tia no setor camping Clube em Águas Lindas de Goiás. A vítima, Cristiano Ferreira de Souza estava com uma bebê de cinco meses no colo quando foi atingindo com um tiro na cabeça. Cristiano caiu e foi socorrido por parentes. 
Welington Leite Andrade (autor procurado)

O autor Welington Leite de Andrade fugiu logo em seguida. A polícia militar foi acionada para o local e conseguiram localizar a arma usada no crime um garrucha calibre 22 de fabricação caseira.
Cristiano Ferreira de Souza (vítima)
O motivo do crime segundo parentes foi porque uma semana atrás o autor visivelmente embriagado teria quebrado o carro da vítima e eles acabaram discutindo.

 No dia 2 de novembro a vítima e sua mulher foram para a casa do irmão dela onde eles iriam comer um peixe, chegando no local o autor estava lá e disse que Cristiano não entrava na residência, nesse momento Cristiano resolveu dar meia volta e saiu, mas o autor sacou a arma e atirou na cabeça da vítima.


A família busca por justiça e pede para que todos compartilhe esta reportagem para que o autor seja encontrado e preso.

Uma bebezinha de 49 dias de nascida é salva por uma equipe da polícia militar em Águas Lindas de Goiás. Segundo informações, a equipe da viatura 10189 com os militares sargento Santana e soldado Rodrigo estavam em patrulhamento quando os pais da bebê apareceram pedindo socorro. 

Eles disseram que a criança estava engasgada e não estava respirando. Rapidamente os policiais desceram da viatura e pegaram a criança. O soldado Rodrigo fez os primeiros socorros e conseguiu restabelecer a respiração da bebê que já estava pálida, depois disso os policiais seguiram para o corpo de bombeiros onde foi feita uma avaliação. A criança foi levada para um hospital e um médico examinou a criança e constatou que ela tinha sido salva devido aos procedimentos realizados pelo os policiais militares. Segundo o médico as manobras que o policial fez na criança não só ajudou a trazer a criança a respirar como evitou sequelas graves.

Depois do susto a bebê voltou para os braços da mãe que agradeceu muito aos policiais que salvaram sua filha.

Um dia anterior ao crime o menor tinha sido apreendido mais uma vez furtando residência em Águas Lindas de Goiás.
O menor C.G.P de 11 anos foi encontrado morto a pedradas e pauladas no setor 7 em Águas Lindas de Goiás, bem próximo a ponte. O menino que já tinha diversas passagens por roubo, furtos e outros crimes tinha sido apreendido pela PM no dia anterior na segunda-feira (4) por invadir várias casas no setor 12, perto de onde ele foi morto. 

A PM levou o menor para delegacia junto com outro menor de 15 anos, mas não ficaram detidos por muito tempo. Segundo informações o menor teria sido morto ainda durante a noite. A polícia civil trabalha no caso e tenta identificar o autor ou autores do crime.


Águas Lindas será a primeira beneficiada com o projeto. Com isso a internet em Águas Lindas tende a ficar mais barata e com melhor qualidade.

Telefônica Brasil, dona da Vivo, anunciou duas novas estratégias para acelerar a implantação das redes de fibra ótica no País. A comunicação foi feita pelo presidente da companhia, Christian Gebara, durante conferência com jornalistas realizada nesta segunda-feira, 4.

A primeira estratégia consiste em uma parceria com a operadora e desenvolvedora de infraestrutura de telecomunicação American Tower para levar as redes de fibra ótica a 40 cidades de Minas Gerais, o equivalente a 800 mil casas, nos próximos três anos. Nesse modelo, a American Tower fará a construção das grandes redes de fibra ótica, utilizando parte da infraestrutura da recém-adquirida Cemig Telecom. Por sua vez, a Telefônica fará a construção do trecho final da fibra, que chega até a casa dos novos clientes, além da instalação dos equipamentos para os usuários.

A Telefônica pagará à American Tower um valor variável pelo uso das redes, com início do desembolso a partir da conexão dos novos usuários. A iniciativa reduzirá os desembolsos iniciais da Telefônica na linha de investimentos mas, futuramente, aumentará a linha de despesas operacionais. A vantagem, segundo Gebara, está em acelerar a implantação da infraestrutura e, por consequência, do faturamento por meio do ganho de clientes de internet rápida.

"Vamos poder chegar a mais domicílios e a mais lugares. Esse modelo nos ajuda a blindar essa base em Minas Gerais. E também nos dá mais agilidade, junto de um parceiro que tem expertise em infraestrutura", explicou Gebara. "O capex será menor, mas ainda continuam os aportes", completou.

A outra iniciativa anunciada pela Telefônica Brasil foi a abertura do modelo de franquias com provedores regionais. Aqui, a expectativa é de levar a fibra ótica para 1 milhão a 2 milhões de residências em um período de três a quatro anos.

Nesse modelo, as empresas locais ficarão responsáveis pela construção integral das redes de fibra ótica, incluindo o trecho final até os clientes, e pela entrega dos equipamentos aos usuários. A Telefônica vai ceder seu catálogo de produtos, uso de backbone e a marca da sua subsidiária Terra. Como a companhia não fará o contato final com o cliente, optou por preservar sua marca principal, a Vivo. Nesse modelo, os franqueados ficarão com toda a receita do negócio e pagarão royalty à Telefônica.

"A ideia da franquia é chegar a localidades menores. Há muitos domicílios do País onde não chegamos e demoraríamos muito", explicou. Segundo Gebara, o foco das franquias é atingir cidades de pequeno porte, entre 20 mil a 50 mil habitantes, e até mesmo bairros sem cobertura dentro de cidades maiores. Ele também indicou que o modelo de franquia visa a pegar carona no crescimento dos provedores locais, que concorrem com as grandes operadoras no interior do País. "Há crescimento enorme dos pequenos provedores. Por que não alavancar com o expertise da Vivo?", apontou.

Ele disse que há três cidades com franquias já assinadas e que entrarão em operação neste mês. A primeira será em Águas Lindas de Goiás (GO), e as outras duas não foram reveladas, mas também ficam no Centro-Oeste.
O menino estava na companhia de outro de 15 anos furtando residências no setor 12 em Águas Lindas de Goiás.

Um menor de 11 anos com diversas passagens pela polícia foi apreendido novamente depois de ser detido por populares furtando  residências no setor 12 em Águas Lindas de Goiás. 

O menor que estava na companhia de outro menor de 15 anos entraram nas casas e furtaram diversos produtos, nesse momento uma das vítimas gritou pedindo ajudar e vários vizinhos apareceram e acabaram detendo os menores. Um deles chegou apanhar dos moradores.

A viatura 10184 com os policiais militares sargento Wendel e soldado Francivaldo chegaram rapidamente ao local e apreenderam os menores. Todos os objetos foram recuperados e os menores, objetos e as vítimas foram conduzidas para a central de flagrantes.

A polícia disse que o menor de 11 anos é o mais perigoso. Possui diversas passagens por diversos crimes somando mais de 20 ocorrências.

11 pontos que realizavam jogos do bicho foram fechados pela polícia


A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da 17 DRP, sob coordenação do Delegado Cléber Martins, realizou a OPERAÇÃO ARAPUCA, que teve como resultado o fechamento de 11 (onze) pontos de exploração do Jogo do Bicho, além de um que realizava a venda de cigarros do Paraguai. Foram apreendidas 15 máquinas destinadas à realização dos jogos ilícitos, mais de 2.000 (dois mil) maços de cigarros do Paraguai, além de considerável quantia em dinheiro. O autuado por contrabando e crime contra a saúde pública foi conduzido à Cadeia Pública local. Os outros conduzidos foram liberados, após lavratura dos TCO's respectivos e demais providências de praxe. Participaram da Operação as seguintes Delegacias (17 DRP, GIH, Genarc, 1 DP e 2 DP, e Unint da 17 DRP).

Orlando Bernardino de Melo não se conformou com o término do relacionamento e passou a perseguir a vítima de forma obsessiva


Após 18h reunido, o Tribunal do Júri da comarca de Águas Lindas de Goiás decidiu pela condenação do policial militar reformado Orlando Bernardino de Melo. Ao todo, ele pegou 32 anos de reclusão pelos crimes de feminicídio e homicídio.
O juiz Luís Flávio Cunha Navarro esteve àfrente da sessão. Mauro Silva de Castro, Natália Barros de Souza e Mariah Beserra Barbalho ficaram na defesa do réu, enquanto Daniel Lima Pessoa foi o promotor.
O policial reformado foi acusado pelo Ministério Público de Goiás (MPGO) em 2016 por matar Milena Barbosa de Melo, ex-companheira dele, e Antônio Vidal da Silva (companheiro da vítima). Ele também foi acionado por destruição de cadáveres e fraude processual.

Crime do policial reformado

Orlando cometeu o crime na residência de Milena, em 27 de agosto de 2016. Na ação, o MPGO informou que ele invadiu a casa armado com uma faca e matou as duas vítimas, que dormiam juntas.
Após o crime, segundo descrito pela promotoria, ele comprou gasolina em posto de combustível, voltou à casa e colocou os corpos dentro de um carro. No veículo, que estava na garagem, ele ateou fogo.
policial militar também incendiou o colchão e roupas que tinham vestígios do crime. A faca utilizada nos assassinatos e o celular da vítima foram jogados dentro da fossa da residência. O intuito era a destruição das provas, conforme apontou o MPGO.

Policia Civil

À época, o delegado do Grupo de Investigações de Homicídios de Águas Lindas de Goiás, Cléber Martins, chegou à conclusão de que o réu não havia se conformado com o fim do relacionamento. Segundo o responsável pela investigação, Orlando passou a perseguir a vítima “obsessiva e abusivamente”.
Antes do crime, já existiam relatos de agressões e ameaças de Luís contra Natália. Inclusive, a 6ª Promotoria de Justiça já tinha pedido medidas protetivas de urgência para a vítima. As vítimas, vale destacar, eram professores conhecidos na cidade. Orlando já está preso e aguarda os recursos da prisão.
(Com informações do Ministério Público de Goiás)
A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio das Delegacias especializadas GENARC (Grupo Especial de Repressão a Narcóticos) e GIH (Grupo e Investigação de Homicídios) de Águas Lindas de Goiás – GO, coordenadas pelo Delegado Cléber Martins, prendeu Felipe Gomes Soares da Silva pelo crime de tráfico de drogas.

Felipe foi preso em flagrante suspeito de realizar a venda de cocaína no bairro Jardim América 4, usando como ponto de vendas, um bar localizado em frente supermercado Nosso Dia.
Porções das drogas foram apreendidos com o investigado, além de dinheiro, que, segundo as apurações, foi arrecadado com a venda de drogas. 

Diante da situação de flagrante, Felipe Gomes Soares da Silva foi autuado pela prática do crime de tráfico de drogas, e, finalizado o procedimento policial, Felipe foi conduzido à Cadeia Pública de Águas Lindas de Goiás, onde permanecerá à disposição da justiça.

O disque denúncia do GENARC está disponível para a população através do WhatsApp (61) 99509-1608. 
Denuncie, o sigilo é absoluto.