Igor Modesto de Araújo Ribeiro de 19 anos estava na altura da quadra “O” em uma bicicleta de modelo Cross, nesse momento os policiais da viatura 10189 faziam patrulhamento na região onde segundo denúncias um elemento tinha estaria assaltando. Os policiais avistaram Igor e resolveram abordar o mesmo. Na revista pessoal acabaram encontrando um revólver calibre 32 e na mochila tinha um aparelho de celular o qual ele não soube explicara origem do aparelho.

 Os policiais cabo D. Santiago e soldado F. Silva deslocaram para delegacia levando o suspeito e no meio do caminho foram informados por outro policial sobre uma vítima de roubo de um celular. Ao chegar na delegacia a vítima reconheceu Igor como sendo o autor do roubo. 
O elemento foi entregue as autoridades policiais competentes onde Igor vai ficar a disposição da justiça. Ele deve responder por crime de roubo (artigo 157) e posse ilegal de arma de fogo.


O crime foi por volta das 6h40 da manhã. A vítima Manoel Rodrigues Mendes de 31 anos saia de moto e quando chegou na porteira da chácara foi surpreendido e acabou sendo alvejado diversas vezes vindo a óbito no local.

Algumas pessoas escutaram os disparam e foram até o local e se depararam com Manoel já caído e sem vida.
A polícia militar foi acionada para o local a qual isolou todo perímetro do crime preservando para que a perícia seja realizada. 

A polícia disse ainda que havia cerca de três meses que a cidade de Águas Lindas não tinha registrado nenhum homicídio.

Reportagem do jornal Petrópolis

O ex-deputado distrital Juarez Carlos de Lima Oliveira, o Juarezão (PSB), 56 anos, morreu após sofrer um grave acidente automobilístico na BR-080, próximo a Brazlândia, na noite desta sexta-feira (21/06/2019).
Segundo uma fonte da polícia ouvida pelo Metrópoles, o ex-parlamentar estava inconsciente e precisou ser retirado das ferragens. Ele foi estabilizado, entubado por uma equipe de socorro do Corpo de Bombeiros e encaminhado ao Hospital Regional de Brazlândia. De lá, seguiu para o Hospital de Base, de helicóptero. No entanto, ele não resistiu aos ferimentos.
O ex-distrital conduzia uma Nissan Frontier vermelha e bateu em uma carreta no sentido Brazlândia–Padre Bernardo (GO), no trecho conhecido como Sete Curvas, por volta das 18h45. Foram deslocadas para atendimento quatro viaturas dos bombeiros, uma aeronave e 21 militares. Juarezão foi transportado instável, com fratura na face, traumatismo cranioencefálico e fratura exposta no braço direito. A dinâmica do acidente não foi divulgada.
No Hospital de Base, parentes de Juarezão ficaram consternados quando a morte do ex-parlamentar foi confirmada. Até a última atualização deste texto, não havia informações sobre o velório e a cerimônia de sepultamento.
Repercussão
O vice-governador Paco Britto (Avante) lamentou a morte. “Muito triste essa notícia do falecimento do ex-deputado. Foi um homem que sempre priorizou a vida política, principalmente para a cidade de Brazlândia”, afirmou ao Metrópoles.
O presidente da Câmara Legislativa (CLDF), Rafael Prudente (MDB), afirmou estar em luto. “Perdi um grande amigo, um homem que sempre lutou pela saúde da população de Brasília. Ele deixa uma linda história em defesa da sua cidade, Brazlândia, e muitas amizades que fez ao longo de seu trabalho”, disse Prudente, que esteve ao lado do ex-parlamentar na última legislatura, entre 2015 e 2018.
O ex-presidente da Casa Joe Valle (PDT) também prestou solidariedade. “Meus sentimentos à família e aos amigos. Que Deus conforte e dê forças a vocês neste momento de dor e despedida”, disse, pelo Twitter.
Deputados da atual legislatura, como Chico Vigilante (PT), Fábio Félix (PSol) e Leandro Grass (Rede) lamentaram a perda, assim como o ex-distrital Wasny de Roure, que recentemente deixou o PT. O ex-governador Rodrigo Rollemberg (PSB) também manifestou tristeza com a fatalidade.
Por meio de nota, a direção do PT de Brazlândia se solidarizou com a família do ex-deputado. “Desejamos força e paz neste momento de dor.”
Carreira
O ex-parlamentar foi eleito em 2014. Em 2016, os distritais o escolheram como vice-presidente da Câmara Legislativa para a cadeira deixada por Liliane Roriz (Pros), que renunciou ao cargo após divulgar as gravações que originaram a Operação Drácon, sobre a suposta cobrança de propina por parte de deputados.
Quando a Justiça afastou a ex-presidente da Casa Celina Leão (Progressistas) por suspeita de participar do esquema, Juarezão assumiu o comando da CLDF interinamente.
Nas eleições de 2018, ele concorreu à reeleição, mas não teve sucesso no pleito. A base eleitoral dele é em Brazlândia, onde morava

Um roubo ocorrido no setor Jardim Barragem II segundo a polícia teria sido praticado por pelo menos seis elementos armados, dois deles com arma de fogo e os demais com faca. Na ocasião, os elementos aproveitaram-se da distração de algumas pessoas que conversavam no portão de casa e anunciaram o assalto. Bastante violentos, os elementos exigiram celulares e dinheiro. Levaram também dois veículos que estavam no local, rodas de liga-leve, dinheiro e outros objetos da casa.

A polícia militar foi acionada e a viatura 10189 com os policiais cabo D Santiago e soldado F. Silva foram até o local e depois de ouvir as vítimas os policiais saíram para um patrulhamento na região. Na altura da quadra 69 do setor Jardim Barragem IV os policiais abordaram um elemento em atitude suspeita e com ele os policiais encontraram um revólver calibre 22, ele foi reconhecido pela as vítimas como um dos autores do assalto. Os demais elementos não foram encontrados.

O suspeito foi encaminhado para delegacia onde foi ouvido pelo o delegado de plantão onde serão designadas diligências na tentativa de localizar os demais criminosos e recuperar os bens roubados.

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por intermédio do GENARC (Grupo Especial de Repressão a Narcóticos), coordenado pelo Delegado de Polícia Cléber Martins, prendeu na noite de quarta-feira (19/06/2019), o investigado RONAN DANIEL PEREIRA DE SOUZA, suspeito de efetuar tráfico de drogas, principalmente de Roupinol, tendo como local de atuação o bairro Setor 09.

As investigações mostraram que Ronan Daniel efetuava o tráfico de maconha, crack, cocaína, e também do medicamento Roupinol (Flunitrazepam), que é um tranquilizante aproximadamente 10 vezes mais potente que o Diazepam. 

A droga em questão é apresentada como um comprimido verde-oliva e é normalmente vendido na embalagem do fabricante. Os usuários trituram os comprimidos e cheiram o pó, misturam com maconha e fumam, dissolvem em bebidas ou injetam.

Os usuários de Roupinol muitas vezes descrevem os seus efeitos como “paralisantes”. Os efeitos começam de 20 a 30 minutos depois do consumo da droga e o ápice acontece após 2 horas e podem persistir entre 8 ou até 12 horas. Há relatos que o usuário pode ficar tão incapacitado (incapaz de agir) que desfalece,  caindo ao chão com os olhos abertos, capazes de observar acontecimentos, mas completamente incapazes de se moverem. Posteriormente, a memória é debilitada e não conseguem lembrar dos acontecimentos.

Ressalta-se que o Roupinol é vendido na Europa e América Latina como um comprimido para dormir, mas é tido como ilícito nos EUA, o que demonstra a nocividade que o uso indevido da droga pode causar.

Ressalta-se que a venda de Roupinol em desacordo com determinação legal e regulamentar é considerado tráfico drogas, motivo pelo qual Ronal Daniel foi autuado em flagrante. 

O disque denúncia do GENARC está disponível para a população através do WhatsApp (61) 99509-1608.
Denuncie, o sigilo é absoluto.

Uma criança de 2 anos sofreu uma parada cardiorrespiratória dentro de um ônibus quando passava pela BR-070, em Ceilândia. O menino foi salvo por policiais militares do Distrito Federal. A corporação estava atuando na organização do trânsito, quando foi alertada que, a 300 metros do local, havia um pedido de socorro.
Além do problema no coração, o garoto também sofria uma convulsão e estava com dificuldades para respirar. Os policiais realizaram alguns procedimentos e conseguiram estabilizá-lo até que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegasse.
O caso aconteceu nessa quarta-feira (12/06/2019). O menino foi encaminhado ao Hospital Regional de Ceilândia (HRC) e, segundo informações da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), apresenta um quadro de melhora acentuado.

Reportagem do jornal Metrópoles

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio do GENARC - Grupo Especial de Repressão a Narcóticos, coordenado pelo Delegado Cléber Martins, prendeu na quinta-feira (13) DANIEL DA SILVA TEIXEIRA pelo crime de tráfico de drogas. 


Daniel já era investigado pelo GENARC há alguns meses e foi preso com várias porções de maconha e cocaína, fracionadas e prontas para a venda, além de considerável quantidade em dinheiro trocado. De acordo com as investigações, ele fazia "ponto de tráfico" em uma esquina localizada entre as Quadras 52 e 53 do bairro Jardim América IV.

O disque denúncia do GENARC está disponível para a população através do WhatsApp 

(61) 99509-1608.

Denuncie, o sigilo é absoluto.

Uma viatura da PM foi até o setor Jardim Planalto onde segundo denuncia de populares tinha um elemento entregando para um dono de uma distribuidora de bebidas algo que parecia ser uma arma de fogo. Os policiais foram até o local e ao chegar na distribuidora foi feita uma busca no local e a PM acabou encontrando duas armas, um revólver calibre 32 e uma espingarda calibre 22 e mais algumas munições. O suspeito foi preso em flagrante e encaminhado a delegacia onde foi feito um boletim de ocorrência por crime de posse ilegal de arma de fogo.
Helio Rodrigues Melo, recebeu um mandado de prisão preventiva por intermédio da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Águas Lindas de Goiás. A apreensão foi realizada devido a tentativa de feminicídio contra sua ex companheira.
Helio Rodrigues, invadiu a residência de sua ex esposa e efetuou vários disparos de arma de fogo contra ela, a qual sobreviveu devido ao rápido socorro recebido. O autor possui duas condenações no Distrito Federal, uma por homicídio e outra por tentativa de feminicídio contra outra ex-companheira e estava foragido desde o dia do atentado praticado em Águas Lindas. A vítima ainda se encontra hospitalizada.
Policiais civis do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) conseguiram prender Devanildo da Silva Pereira. Ele é o principal suspeito de ter matado envenenados os irmãos Cosme Barbosa dos Santos e Sebastião Barbosa dos Santos, um de 33 e outro de 34 anos. O crime segundo a polícia teria ocorrido no último dia 03/06 na quadra 15, lote 03 do setor Solar da Barragem.

Segundo informações, os dois irmãos eram alcoólatra e um dos irmãos tinha uma desavença com Devanildo por causa de uma mulher e para se vingar de uma das vítima, o autor colocou “Diazepam” junto com um veneno conhecido como “chumbinho de rato” dentro de uma garrafa de aguardente e deixou no local para que a vítima alvo do autor bebesse, mas os dois irmãos acabaram bebendo junto e morreram no local. A polícia militar foi acionada e a polícia civil tratava o caso como morte suspeita, mas depois de uma investigação e com base no que a perícia trabalhou conseguiram chegar na autoria do crime. 

O suspeito foi preso dias depois quando um mandado de prisão preventiva foi expedido pela comarca de Águas Lindas de Goiás. Devanildo agora vai responder por duplo homicídio qualificado, podendo pegar até 30 anos de cadeia por cada um deles. 

Márcio Fernando de Miranda Cardoso já é um velho conhecido da polícia. No ano de 2013, juto com outro comparsa chegou a ser preso com cerca de meia tonelada de maconha que estava sendo transportada em um caminhão baú de Mato Grosso para São Paulo. A polícia encontrou no caminhão 18 mochilas e cada mochila tinha 520 tabletes de maconha.
Márcio estava foragido da justiça goiana e tinha um mandado contra ele expedido pela comarca de Cocalzinho por crime de roubo.

O suspeito foi preso por equipes do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (GENARC) coordenado pelo o delegado de polícia Dr. Cléber Martins. O suspeito preso em Águas Lindas de Goiás e encaminhado a delegacia local onde ficou à disposição da justiça.

Três mandados de prisão preventiva foram cumpridos, após investigações da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Cuiabá, sobre o furto de uma loja de venda de celulares, em um shopping de Cuiabá. As prisões ocorreram em Goiás e no Distrito Federal, entre os dias 29 de maio e 7 de junho, com apoio da Polícia Civil dessas duas unidades da federação.
O furto no interior da loja ocorreu no dia 7 de abril deste ano, ocasião que os ladrões levaram 87 aparelhos telefônicos novos e outros eletrônicos, totalizando prejuízo de R$ 250 mil ao estabelecimento. Para consolidar o furto, um dos suspeitos chegou a pernoitar dentro da loja, saindo no dia seguinte sem despertar atenção dos seguranças do shopping.
Nas investigações, a Polícia Civil identificou quatro suspeitos, todos eles oriundos de Brasília (DF), que tiveram os mandados de prisão expedidos pela Justiça de Mato Grosso e presos um na cidade de Santo Antônio do Descoberto (GO), com apoio da Polícia Civil via equipe do delegado Pablo Santos Batista; outro em Valparaíso de Goiás, pela equipe do delegado Henrique Wilson Ferreira de Oliveira, e o terceiro preso em Santa Maria, no Distrito Federal, pela equipe do delegado Ricardo Benevides Fortini,  da 33ª Delegacia de Polícia.
O Policial Militar Soldado Lucas Santiago Batista pertencente ao GPT da cidade de Jaraguá cidade que pertence ao 15ª CRPM comandado pelo Senhor Coronel Wolmey Vieira Barros, estava deslocando para a Br 070 onde tem costume de pegar o ônibus para a cidade de Jaraguá onde iria assumir o serviço no dia seguinte, quando passava pela Avenida Jk - Jardim Brasília em Águas Lindas de Goiás no carro com seu pai avistou um indivíduo apontando uma arma para a cabeça de uma mulher quando de imediato pediu para que seu pai parasse o carro, momento em que desceu e gritou “ polícia larga a arma” quando o indivíduo juntamente com outro que estava no apoio do assalto empreenderam fuga correndo, o policial militar de pronto correu atrás dos indivíduos afim de detê-los, quando na altura da área vazia próximo ao Forte Atacadista conseguiu deter os indivíduos que estavam de posse de uma arma simulacro semelhante à Glock e o celular que foi tomado de assalto da Vítima, o policial acionou o centro operacional da PM (COPOM)  pedindo apoio, onde chegou a viatura composta pelo Cabo Tulio e Soldado Christiane Honório que prestaram apoio ao Policial Militar. 

Na ação os dois suspeitos foram detidos. Um menor e um maior que estava com a arma falsa. Os dois foram conduzidos a delegacia de polícia civil onde foram ouvidos pelo o delegado plantonista. O aparelho de celular roubado da vítima foi recuperado.

Vale ressaltar que foi um ato heroico prestado pelo Soldado Santiago que em sua folga agiu bravamente afim de deter assaltantes que estavam armados e o mesmo não tinha ciência que se tratava de um simulacro de arma de fogo e mesmo assim colocou sua vida em risco afim de prestar serviço em prol do cidadão de bem.



Durante Operação Embarque Seguro, aproximadamente às 05h40 do dia 06/06/2019, a equipe composta pelo soldado Aguiar e soldado Túlio avistou um veículo tipo Fiorino de cor branca, com plotagem de uma empresa denominada "ESPETINHOS BOI DE OURO", com restrição de roubo/furto.

Ao perceber a presença policial, o condutor evadiu-se, ignorando os sinais luminosos e sonoros de parada. Como era de conhecimento das equipes a situação ilícita do veículo, foi irradiado às demais guarnições o incidente, que ao saberem do fato, intensificaram o patrulhamento com o intuito de localizar e proceder a abordagem do mesmo.

O veículo foi alcançado pela equipe na altura da igreja São Maximiliano, setor Mansões Centro Oeste. Durante entrevista policial, o condutor tentou despistar as guarnições informando que havia recebido o veículo de um outro indivíduo com o objetivo de ir comprar entorpecentes, porém não soube fornecer informações concretas sobre a origem lícita do referido veículo.
Diante das circunstâncias, o condutor que possui antecedentes criminais na região do Distrito Federal por roubo, bem como o mencionado veículo foram conduzidos e apresentados no CIOPS para as demais providências cabíveis, onde lavrou-se o Auto de Prisão em Flagrante 
Participaram da ocorrência os seguintes policiais militares: soldado Vasconcellos, soldado Magalhães, sargento Eliseu, soldado Ítalo, soldado F Sousa, soldado R Santos, sargento Costa e soldado Aires.

Mário Gomes Santana Junior, mais conhecido como “Juninho” possui diversas passagens pela polícia por roubo, ameaça, lesão corporal além de outros crimes. Juninho estava no setor jardim barragem 4 quando a viatura 10183 com os militares soldado Aguiar e soldado Túlio patrulhava a região, ao avista a viatura se aproximando o individuo tentou se evadir entrando em uma residência, os policiais pediram apoio ao comando de patrulhamento urbano (CPU) e cercaram a residência, depois de alguns minutos o elemento acabou sendo detido e ao averiguar a o nome dele junto a justiça foi verificado que havia um mandado de busca e apreensão contra o mesmo.

Juninho foi encaminhado para delegacia onde foi colocado à disposição da justiça.
Vale ressaltar que a polícia militar tem preparo para identificar pessoas que possui problemas com a justiça. É comum que estas pessoas ao ver uma viatura da polícia demostra vários tipos de reações.