O Ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, informou, nesta quarta-feira (24), durante uma audiência pública na Câmara dos Deputados, em Brasília, que o Programa 'Minha Casa Minha Vida' só terá recursos até o mês de junho deste ano.

"Oitocentos milhões foram aportados para que a gente garanta a execução do programa durante todo o primeiro semestre. O fato concreto é que não há recurso. A gente não pode ir contra a realidade", anunciou o ministro.

Canuto ainda explicou que os 800 milhões foram uma "liberação adicional para garantir a execução regular do programa até junho" e que o aporte permitirá somente o pagamento das dívidas do projeto. 

As dificuldades do Programa 'Minha Casa Minha Vida' são resultado da crise nas contas do Governo e do bloqueio de trinta bilhões de gastos previstos no orçamento deste ano. 

Ainda de acordo com Gustavo Canuto, existem mais de cinquenta mil obras do programa paralisadas em todo o país. 

"Existe um mundo real e concreto, em que a gente precisa de recurso. E a gente precisa de disponibilidade para poder fazer as coisas de fato acontecerem", argumentou. 

Por fim, o ministro reclamou sobre a perda de recursos da pasta. "O Governo cortou investimentos e, pelo visto, vai cortar mais ainda. O ministro da Economia diz que vai conseguir dinheiro retirando a aposentadoria dos mais pobres".
O elemento foi preso nesta quarta-feira (24) depois que um funcionário da empresa avisou os policias que estavam de serviço no posto policial de Girassol. Com as características na mão e uma foto do suspeito tirada pelo o sistema de segurança de um dos ônibus, os policiais, sargento Guedes e soldado Helano saíram pela região em busca do indivíduo. 

Depois de um bom tempo os policiais conseguiram localizar o mesmo que estava em uma residência no setor jurubeba. Ele foi preso e reconhecido por várias vítimas. A polícia disse ainda que vários assaltos aos ônibus da empresa Taguatur vinham acontecendo da mesma forma, um elemento armado com uma faca sempre na região de Águas Lindas e Girassol.

O suspeito foi encaminhado para delegacia de Águas Lindas de Goiás onde vai ficar à disposição da justiça. Ele vai responder por roubo à mão armada.


Polícia chegou até eles após moradores da região denunciarem que viram trio armado. Corporação recolheu as aves e apreendeu uma espingarda de pressão.



Três homens foram detidos suspeitos de matar dois tucanos com uma arma de pressão, em Águas Lindas de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. Eles alegaram para a polícia que iam comer as aves.


A polícia chegou até o trio na terça-feira (23), após moradores da região denunciarem que viram os suspeitos entrarem em uma casa com uma arma. Quando os militares chegaram ao imóvel, encontraram as aves já depenadas.
Eles confessaram à Polícia Militar que iriam comer as aves e que usaram uma espingarda de pressão para abater os tucanos. A arma foi encontrada sobre o telhado da casa.


Eles foram levados para a delegacia, onde foi feito um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) pelo crime de matar e caçar espécimes da fauna silvestre sem permissão. A pena varia de 6 meses a 1 ano de prisão, além de multa. Após a autuação, os três foram liberados.

Fonte G1 goiás













publicidade

O governador Ronaldo Caiado sancionou nesta segunda-feira (22) a Lei 20.447, que regulamenta a vaquejada como prática desportiva no Estado de Goiás. Para a nova legislação, considera-se vaquejada todo e qualquer evento de natureza competitiva, seja profissional ou amador, no qual uma dupla de vaqueiro a cavalo persegue animal bovino, objetivando dominá-lo.
A norma prevê que os organizadores dos eventos ficam obrigados a adotar medidas de proteção à saúde e à integridade física do público, dos vaqueiros e dos animais. O vaqueiro que, por motivo injustificado, se exceder no trato com o animal, ferindo-o ou maltratando-o de forma intencional, deverá ser penalizado, nos termos da Lei n° 9.605/98 – Lei de Crimes Ambientais, culminando com a exclusão da prova e multa do mesmo. O valor da multa irá ser baseado no valor de mercado do animal e ao dano causado.
LEI Nº 20.447, DE 22 DE ABRIL DE 2019
Regulamenta a vaquejada como prática desportiva no Estado de Goiás.
A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE GOIÁS, nos termos do art. 10 da Constituição Estadual, decreta e eu sanciono a seguinte Lei:
Art. 1° Fica regulamentada a vaquejada como atividade desportiva e cultural no Estado de Goiás.
Art. 2° Para os efeitos desta Lei, considera-se vaquejada todo e qualquer evento de natureza competitiva, seja profissional ou amador, no qual uma dupla de vaqueiro a cavalo persegue animal bovino, objetivando dominá-lo.
§ 1° Os competidores são julgados na competição pela destreza e perícia, denominados vaqueiros ou peões de vaquejada, no dominar animal.
§ 2° A competição deve ser realizada em espaço físico apropriado, com dimensões e formato que propiciem segurança aos vaqueiros, animais e ao público em geral.
§ 3° A pista onde ocorre a competição deve, obrigatoriamente, permanecer isolada por alambrado, não farpado, contendo placas de aviso e sinalização informando os locais apropriados para acomodação do público.
Art. 3° A vaquejada poderá ser organizada nas modalidades amadora e profissional, mediante inscrição dos vaqueiros em torneio patrocinado por entidade pública ou privada.
Art. 4º Fica obrigado aos organizadores da vaquejada adotar medidas de proteção à saúde e à integridade física do público, dos vaqueiros e dos animais.
§ 1° O transporte, o trato, o manejo e a montaria do animal utilizado na vaquejada devem ser feitos de forma adequada para não prejudicar a saúde do mesmo.
§ 2° Na vaquejada profissional, fica obrigatória a presença de uma equipe de paramédicos de plantão no local durante a realização das provas, bem como a presença de médico veterinário para atendimento à saúde do animal.
Art. 5º O vaqueiro que, por motivo injustificado, se exceder no trato com o animal, ferindo-o ou maltratando-o de forma intencional, deverá ser penalizado, nos termos da Lei n° 9.605/98 – Lei de Crimes Ambientais, culminando com a exclusão da prova e multa do mesmo.
§ 1° O valor da multa irá ser baseado no valor de mercado do animal e ao dano causado, sendo:
I – 5% (cinco por cento) do valor do animal para lesões leves;
II – 10% (dez por cento) do valor do animal para lesões médias;
III – 15% (quinze por cento) a 20% (vinte por cento) do valor do animal para lesões graves;
IV – 50% (cinquenta por cento) do valor do animal se resultar na morte do animal.
§ 2° Em caso de reincidência, a multa será aplicada pelo valor correspondente ao dobro da anteriormente imposta.
§ 3° Ficam também sujeito às sanções supracitadas as empresas, e ou entidades que organizarem os eventos, que culposamente ou dolosamente também causarem lesões aos animais.
§ 4° Os recursos oriundos destas sanções devem ser direcionados ao Fundo Estadual do Meio Ambiente – FEMA.
Art. 6° Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.
PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS, em Goiânia, 22 de abril de 2019, 131º da República.
Ronisval Santos Pereira saiu de casa por volta das 19h do sábado (20/04/2019), em Samambaia Sul, e não foi mais visto

Reportagem do jornal Metrópoles




Desde o último sábado (20/04/2019), a rotina da família de Ronisval Santos Pereira, de 23 anos, tem sido de desespero. “Roni”, como é conhecido, saiu da casa em que mora com a mãe, em Samambaia Sul, por volta das 19h, e a partir daí não deu mais informações de onde estava. O jovem, que sofre de distúrbios mentais, não disse aonde iria.
O único registro de atividade do desaparecido depois de sair de casa foi na 32ª Delegacia de Polícia. Ronisval registrou boletim de ocorrência no qual relatou ter sido assaltado por dois homens com um pedaço de madeira.
Entre os objetos furtados, estariam uma mochila com diversas peças de roupa e documentos pessoais. A mãe, Solange dos Santos Pereira, no entanto, afirma ser impossível que o filho estivesse com tantos pertences. “Ele conta, por exemplo, que roubaram a Carteira de Identidade, mas ela está aqui em casa, no quarto dele. Na verdade, ele saiu só com uma bolsa térmica”, relata.
“O problema que Roni tem faz com que ele tenha ‘um branco’ às vezes. Além disso, ele nunca foi de falar muito, então não tenho muito o que fazer agora”, lamenta a mãe.

A busca pelo desaparecido tem sido feita pela própria Solange e pelas outras duas filhas, irmãs de Ronisval. As três já foram a todos os lugares que ele frequentava em Samambaia Sul e Norte, mas não acharam o rapaz. “Cheguei até a ir na Rodoviária do Plano Piloto hoje [segunda] para ver se ele estava lá. Vai que ele pegou um ônibus por engano e se perdeu.”
Quem tiver informações sobre Ronisval pode entrar em contato com a mãe dele pelos telefones (61) 99328-9960 ou (61) 98501-9078.
Uma mulher foi atropelada e morta na tarde desta segunda-feira (22). O acidente foi no começo da noite.


Segundo informações de pessoas que passavam no local, a mulher foi atingida por um Fiat Pálio e caiu já sem vida no asfalto. A mulher que aparenta ter entre 45 e 55 anos não teve tempo de ser socorrida. 

A polícia rodoviária federal foi acionada para o local além da polícia civil. Segundo informações o motorista permaneceu no local. O veículo ficou com partes da frente destruída com o impacto. O trânsito no local ficou bastante lento.

O Corpo de Bombeiros Militar de Goiás contará com o serviço de transporte aeromédico de asa fixa. O convênio, assinado nesta sexta-feira (12/04), prevê o reforço de um avião modelo Sêneca 3 no serviço de resgate aéreo da corporação, que já conta com um helicóptero. “Diante das dificuldades, é preciso coragem. Recebemos o Estado em uma situação caótica, mas, com muito esforço e união, vamos superar as dificuldades e elevar Goiás no cenário nacional”, afirmou o governador Ronaldo Caiado.

A aeronave possui equipamentos para voar por instrumentos e atender ocorrências em locais de difícil acesso e com pistas de terra batida. Também conta com radar meteorológico e GPS, além de poder ser usada como Unidade de Terapia Intensiva Aérea. “Temos investido muito no aparelhamento e na formação do Corpo de Bombeiros. É uma instituição forte e preparada. Sem dúvidas, os bombeiros goianos são exemplos para o Brasil”, destacou o governador.
Equipes médicas para captação e transporte de órgãos e tecidos para transplantes também serão atendidas. O convênio prevê, ainda, economia de mais de 50% nos gastos anteriores. O serviço era realizado apenas por uma empresa particular. “Estamos celebrando uma parceria muito importante para a população. O trabalho conjunto com outras instituições, neste caso a Secretaria de Saúde, é fundamental para garantir mais segurança e bem-estar para os goianos”, ressaltou o secretário de Segurança Pública, Rodney Mirnda.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, também reiterou a importância do trabalho em conjunto entre os poderes. “O momento é de união para garantir as melhorias tão necessárias na vida dos cidadãos”, disse.
A implantação do transporte aeromédico foi realizada em uma parceria entre Governo de Goiás, Serviço de Atendimento Móvel (Samu) de Goiânia, Aparecida de Goiânia e Anápolis, além do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate), que vão fornecer médicos, enfermeiros, equipamentos, medicamentos e insumos. “Não tenho dúvidas de que aquele que vier a precisar deste serviço será melhor atendido. É uma conquista, de alta complexidade e para situações extremas de emergência, mas que merece ser celebrada”, assegurou o secretário da Saúde, Ismael Alexandrino.
Para se ter uma ideia, um transporte de Posse até Goiânia por via terrestre leva, no mínimo, sete horas. Com o avião, o tempo será reduzido para 1h40. A aeronave poderá atender todos os 246 municípios goianos. “Mais uma vez, o Governo de Goiás prestigia o Corpo de Bombeiros como um braço forte para beneficiar a população. Estamos buscando convênios com outros órgãos para fortalecer nossas ações na sociedade”, garantiu o comandante-geral da Corporação, coronel Dewislon Adelino Mateus.
A vítima segundo vizinhos morava só na residência.
A polícia militar isolou o local e aguarda a chegada da perícia.

Vanderleia Rodrigues de 49 anos foi encontrada morta em um dos cômodos da sua casa na quadra Q, chácara 13, lote 11 da avenida principal do setor Coimbra. 

A polícia militar foi acionada por volta de uma hora da tarde e ao chegar no local os policiais militares encontraram o corpo da vítima com um pedaço de algo que parecia ser um fio enrolado no pescoço. O policial que estava no local não quis dar muito detalhe, mas ele acredita que a mulher possa ter morrido de morte violenta, mas ressaltou que só a perícia vai apontar a causa morte. 

Vizinhos estão assustados e disseram a nossa equipa que Vanderleia era uma boa pessoa, não tinha inimigos e gostava muito de fazer amizades. Em frente a casa de Vanderleia conversamos com uma amiga dele que se emocionou bastante ao falar da amiga. Vanderleia morava só segundo relata os vizinhos e deixa um filho que já era casado. Ao saber da morte da mãe o filho passou mal e teve que ser hospitalizado. 

A polícia civil vai investigar a morte da dona de casa. Nenhuma linha de investigação será descartada pela polícia.

O motorista da carreta que saiu de São Paulo para a cidade do Gama ainda se encontra desaparecido.

Um caminhão carregado de cerveja “Skol Beats” foi encontrado pela PM de Águas Lindas de Goiás na tarde desta quarta-feira (17), próximo ao setor 16. Segundo informações passadas a TV CMN os policiais sargento Antônio Carlos o cabo Brito da viatura 10176 (CPU) faziam um patrulhamento quando avistaram a carreta atolada em uma estrada de chão, desconfiados, os policiais foram até o local e observaram que a cabine estava danificada. Os policiais logo descobriram que se tratava de uma carga roubada e chamou apoio de outra viatura. 

Chegou ao local a viatura 10170 com os militares sargento Isaias e soldado Nunes que fizeram uma busca no veículo e acabaram encontrando a habilitação do motorista e a nota fiscal da carga avaliada em cerca de R$ 103 mil reais. O motorista da carreta não foi encontrado. A PM entrou em contato com a empresa e eles informaram que o último sinal enviado pelo o caminhão foi por volta das 11h00 horas.

Segundo a polícia a carga tinha saído de São Paulo e tinha como destino a cidade do Gama no Distrito Federal.
A empresa foi acionada para o local e toda carga que estava lacrada além do caminhão foi recuperado pela PM. Um trabalho magnífico da polícia militar que em um patrulhamento acabou localizando o veículo e a carga.

A vítima pediu socorro no posto policial do povoado de Girassol. Ele disse aos policiais que ao chegar em casa se deparou com o seu cunhado jogando dois cachorros e quatro gatos dentro de um poço artesiano com cerca de 26 metros de profundidade e ao questionar tal ação o homem foi agredido com um golpe de fação na cabeça. 

Os policiais que estavam na base da PM no momento eram os militares soldado Helarino e soldado T. Correia que de imediato pediram apoio a equipe de Edilândia. Os policiais de Edilândia sargento Benevaldo e soldado Jordano se deslocaram até Girassol onde junto com a outra equipe foram até o endereço informado pela vítima.

 Na casa a vítima disse aos policiais que estava seu cunhado e um primo dele que segundo a vítima foram os mesmos que o agrediu. Os policiais chegaram no endereço informado e ao ver a chegada da PM os acusados fugiram pra dentro da mata, mas foram alcançados pela as equipes e presos em flagrante. 

Os policiais foram até o poço artesiano e constatou que havia animais ainda com vida dentro e chamou os bombeiros de Águas Lindas para fazerem o resgate.  Os animais foram salvos e segundo os bombeiros tinha muitos animais mortos dentro do poço o que significa que esse indivíduo já vinha fazendo isso a vários dias.


Os detidos foram presos e vão responder por tentativa de homicídio e maus tratos. A vítima sofreu um golpe na cabeça por um facão o que ocasionou um corte profundo, ele foi socorrido ao Bom Jesus, mas teve que ser transferido para o hospital de Base em Brasília.

A coordenadora-geral do Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinasefe) e professora do Instituto Federal de Goiás (IFG), Camila Marques, foi detida no câmpus de Águas Lindas de Goiás, na manhã desta segunda-feira (15/4), por "desobediência" a ordens de policiais.

De acordo com a Polícia Civil de Goiás, os agentes estavam na unidade para investigar uma denúncia, após o diretor da unidade registrar, no domingo (14/4), uma ocorrência de ameaça de um atentando semelhante ao ocorrido na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano (SP), em 13 de março.

Ainda segundo a corporação, após o diretor mostrar a sala dos alunos suspeitos, os policiais pediram que a professora acompanhasse as buscas nos pertences dos estudantes. A docente, no entanto, se recusou e começou a filmar a ação policial. 

Os agentes, então, recomendaram que ela parasse por se tratar de menores de idade e, portanto, a divulgação das imagens não era permitida. Mas ela seguiu com a filmagem e recebeu voz de prisão. No boletim de ocorrência, consta que ela resistiu a entrar na patrulha e os policiais usaram de força e algema para deter Camila.


Defesa 


Em nota nas redes sociais, a Sinasefe afirma que a Polícia Civil do Goiás estava no câmpus desde o início das atividades acadêmicas. "A assessoria jurídica nacional (AJN) do sindicato está acompanhando o fato. Cercamos de solidariedade à companheira Camila, lutadora aguerrida e sempre pronta a defender os direitos dos trabalhadores", diz o texto.

O sindicato também informou que ainda passará mais detalhes sobre o ocorrido. Já unidade do instituto informou que divulgará uma nota sobre a prisão até o fim do dia. A professora foi liberada às 13h10, após prestar depoimento.

Reportagem do correiobraziliense


A viatura 10159 com os policiais soldado Aguiar e soldado Tulio estavam em apoio na ocorrência de um caminhão roubado no setor Coimbra quando em patrulhamento foram acionados por uma pessoa que disse ter sido vítima de uma tentativa de roubo por três elementos e uma mulher. Essa pessoa disse aos policiais que eles estavam em um VW fox de cor branca com placas JGU 5598 e um dos elementos estava armado com um revólver. 

Os policiais então intensificaram o patrulhamento na região e em alguma quadra depois conseguiram localizar o veículo. No momento em que os suspeitos avistaram a viatura tentaram fugir, mas não conseguiram ir muito longe e foram parados pela PM. Na revista pessoal nada de ilícito foi encontrado com os três, mas ao fazer uma busca no veículo a PM acabou encontrando um revolver calibre 38 com a numeração suprimida (raspada). 

Os três suspeitos, dois homens e uma mulher foram encaminhados para delegacia e foram atuados por roubo tentado e posse ilegal de arma de fogo. Matheus dos Santos Sousa já possui passagens por roubo no artigo (157), Nery Mendes de Jesus Chaves tem passagens por roubo e latrocínio tentado e a Jeniffer Cristina Barbosa dos Santos não tinha passagens.


A viatura 10189 com os militares sargento Costa e soldado Aires estavam em patrulhamento quando foram avisados de que no setor Coimbra em uma região conhecida como (setor Laranjeiras) tinha um caminhão produto de roubo carregado de mercadoria.

 O sistema de rastreamento do veículo apontou o local exato onde o caminhão estava. O veículo havia sido roubado em Uruaçu-GO.
Os policiais foram até o local informado pela empresa de rastreamento. 

A viatura 10189 além da viatura de CPU com o sargento Eliseu e soldado Ítalo conseguiram localizar o caminhão da empresa Tambasa Atacadista abandonado em uma chácara. Dentro do local em uma casa abandonada havia centenas de mercadorias que já estava descarregada.

 No local compareceram representantes da empresa de rastreamento além do motorista do caminhão. Eles foram autorizados pela polícia para recolher toda mercadoria, colocar no caminhão e conduzir para delegacia. Apenas um suspeito foi preso no local, mas foi liberado em seguida porque a polícia entendeu que ele não estava envolvido no roubo. A carga estava avaliada em R$ 300 mil reais



Os elementos, sendo três menores e um maior foram detidos pela PM depois que eles cometeram uma serie de crimes pela cidade. Primeiro eles roubaram um carro de um cidadão isso durante a madrugada. Depois de roubar o veículo Chevrolet Vectra os elementos saíram pela cidade roubando outras pessoas. Os policiais militares foram avisados do roubo e então avisaram ao centro operacional da PM (COPOM) onde através do rádio avisou as demais viaturas que começaram a fazer um patrulhamento pela cidade na tentativa de localizar os elementos.



A viatura 10183 com os policiais soldado Maxwell e solado Matos receberam informações do COPOM de que os elementos tinham acabado de roubar uma motocicleta no setor Mansões Pôr do Sol, nesse momento os policiais foram até a região e durante o patrulhamento os policiais foram informados de que os elementos já estavam na quadra 97 do setor Jardim Brasília II (antigo cidade do entorno). Os policiais foram até o local e acabaram avistando os elementos que ao perceber a chegada da viatura tentaram fugir, mas não conseguiram e foram abordados de imediato. Os elementos ainda tentaram resistir a prisão e tiveram que ser algemados.
A PM conseguiu encontrar com os suspeitos a arma falsa usada nos crimes além de uma motocicleta roubada, o veículo que tinha sido roubado minutos antes além de vários objetos roubados. Todo material e os envolvidos foram conduzidos para delegacia.

Policiais que participaram da ocorrência

Viatura da ocorrência 10183 com os militares soldado Maxwell e soldado Matos além das viaturas que prestaram apoio. A 10189 com os policiais sargento Macedo e soldado Teixeira, a viatura do CPU com os militares sargento Lincon e soldado Soares e a equipe do grupo de patrulhamento tático (GPT) do 17ª BPM com os militares sargento Gilberto, sargento Renato, soldado Oliveira e soldado Marques


Uma égua foi resgatada de dentro de uma fossa séptica na manhã deste domingo (14). A operação aconteceu no município de Águas Lindas, no entorno de Brasília.
De acordo com informações da corporação, a ocorrência teve início por volta das 7 horas. O animal estava dentro da fossa de 3 metros de profundidade com muitos dejetos. De acordo com testemunhas, ele estava muito agitado. Para retirá-lo de lá, os bombeiros utilizaram um tripé e técnicas de salvamento terrestre. Confira no vídeo.